• Votação por condôminos inadimplentes (são proibidos de votar);
  • Votação sem procuração do condômino, no caso de um representante;
  • Se a Convenção exigir e não for apresentado a procuração sem firma reconhecida;
  • Não fazer a convocação de um ou mais condôminos;
  • Atrapalhar a eleição de um síndico não condômino, sendo que, o Código Civil autoriza que outra pessoa exerça a função;
  • Aprovação de medidas sem acatar o quórum necessário (⅔ são necessários, e maioria dos condôminos)

Fonte: Síndico Legal