O ano novo já começou, as festas acabaram e é hora de por em prática algumas boas ideias para melhorar a gestão do seu condomínio.

 

Com o início de um novo ano, é hora de arregaçar as mangas, ter atitude e começar a trabalhar em prol de uma boa gestão condominial. Muitas pessoas veem no início do ano uma possibilidade para recomeço. Seja ele pessoal ou empresarial.

Portanto, além de planejar realizações pessoais, é importante reservar uma parte de inspiração com o ano novo que se inicia e focar em situações tanto obrigatórias quanto opcionais para o seu condomínio.

Veja quais são as prioridades do condomínio para essa época do ano

Assembleia Geral Ordinária

Prevista no art. 1350 do Código Civil, a Assembleia Geral Ordinária ocorre anualmente, geralmente no primeiro semestre e tem, entre outros objetivos, que aprovar o orçamento anual de despesas, apresentar a prestação de contas do ano anterior e aprovar as contribuições condominiais.

Com o auxílio da administradora, é necessário que o síndico mantenha mensalmente o controle das contas previstas para o ano. Essa organização é fundamental na hora de apresentar o gasto anual do condomínio.

Durante a reunião é recomendável que o síndico apresente os dados de forma clara. Uma dica é utilizar, se possível, apresentação animada apontando notas, balancetes e utilizando gráficos. Fique aberto a questionamentos e esteja apto a dirimir quaisquer dúvidas. 

Fique atento a prazos e documentos

Um novo ano marca a entrega de um documento muito importante para aqueles condomínios que possuem funcionários não terceirizados. Trata-se da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

No documento são detalhadas todas as informações dos funcionários (empregados e até mesmo os já desligados) do condomínio. O prazo de entrega para o Ministério do Trabalho começa em fevereiro e vai até março. O envio da relação poderá ser feito via internet.

Outro prazo que o síndico deve estar atento nesse início do ano é o do seguro condomínio. Como os contratos tem validade geralmente de um ano, o início do ano poderá marcar uma renovação do seguro. Essencial, também, não se esquecer dos extintores de incêndio, que também possuem prazo de validade.

Férias dos funcionários 

Nessa época do ano é comum que alguns colaboradores solicitem férias, ficando por conta do síndico organizar a substituição dos funcionários. Uma possibilidade é a contratação de colaboradores temporários. Mas lembre-se de ficar atento para as legislações trabalhistas.

Redução de gastos 

Prever uma redução dos gastos do condomínio é algo sempre relevante. Produtos de limpeza, revisão e manutenção preventiva de equipamentos que consomem energia podem resultar em economias significativas para sua gestão. Aposte em produtos de limpeza que podem ser diluídos e, se possível, reorganize a estrutura do seu condomínio para que esteja apto para a captação da água da chuva.

Algumas ideias que podem gerar economia

1 – Evitar o desperdício de água e dar novos usos para ela: promover campanhas de uso consciente e ações efetivas para combater o desperdício de água deve ser uma das prioridades de uma gestão sustentável. Nesse sentido, apostar no reuso da água para lavagem das áreas comuns é uma boa saída.

2 – Fazer investimentos que valorizem o condomínio: Ficar de olho se os pisos não estão danificados; mesas, sofás e balcões da recepção estão em bom estado; piscina e salões de festas em condições de uso, são ações que valorizam o condomínio. Não se esqueça dos jardins, da limpeza e da organização das áreas comuns.

3 – Um bom planejamento anual: Tudo corre melhor se a sua gestão estiver bem planejada. Apostar em cronogramas que indiquem futuras despesas são essenciais. Dessa maneira, o condomínio terá sempre os recursos necessários para as manutenções.

4 – Manter a garagem em ordem: local sempre espinhoso para qualquer gestão, a garagem é uma fonte de atritos. Portanto, para mantê-la longe de conflitos, revise as regras e aposte em pinturas e sinalização.

5 – Atualizar o Regimento Interno: O seu Regimento Interno ainda é adequado para as mudanças ocorridas no seu condomínio? Se a resposta for não, atualizar esse documento é necessário.

6 – Manter a paz no condomínio: Local onde os interesses nem sempre convergem, morar em condomínio pode ser um desafio para quem não está acostumado a ter empatia com o próximo. Sendo assim, infelizmente os conflitos são bastante comuns.

Uma boa saída para manter a paz no condomínio é estar aberto a escutar e promover boas ações que integrem os moradores. Uma dica realizar atividades que reúnam vários moradores, como hortas comunitárias.

Aproveite esse início de ano onde as esperanças estão renovadas e coloque em prática aquelas ”ideias mirabolantes” que estão na sua cabeça. E se quiser, compartilhe com a gente. Feliz 2020!

Por: Guilherme de Paula Pires | Redação Viva o Condomínio | https://vivaocondominio.com.br/