Antes disparar advertências ou multas, o síndico deve analisar a situação sob diversas variáveis

Barulho é um problema que, literalmente, nunca se cala em condomínios. Dentre tantas situações as quais o síndico é “intimado” a se envolver nesses casos, uma delas é lidar com a reclamação de apenas uma unidade sobre a outra.

São muitas variáveis a serem analisadas:

  • O síndico deve mesmo se envolver? Se sim, como e até onde?
  • E quando o reclamante não quer ser identificado?
  • Há provas contundentes da infração (gravação, testemunhas, etc)?
  • A diferença entre barulhos naturais do uso da coisa X barulhos que excedem esse limite
  • A reclamação por escrito
  • Direito de resposta do morador reclamado

Neste vídeo, o advogado especialista em condomínios, Zulmar Koerich, aborda todos os pontos acima, criando um passo a passo muito bem preparado para você, síndico, resolver os impasses.

Assista!

via https://www.sindiconet.com.br/