• Deixar o ambiente ventilado o máximo possível;
  • Espalhar frascos de álcool em gel em diversos pontos do salão e em locais estratégicos, como próximos ao banheiro e às portas de entrada;
  • Limitar o número de pessoas para manter a circulação o mais livre possível;
  • Fixar cartazes dentro e na entrada do salão com as regras básicas: 1. lavar as mãos periodicamente e/ou usar álcool em gel; 2. manter a distância mínima de 1 metro da outra pessoa; 3. Usar máscara o máximo de tempo, retirando apenas para comer e beber.

Ao realizar pequenas medidas preventivas de maneira coletiva, é possível proteger a saúde de todos, diz o infectologista Celso Granato.

"Mesmo que você não pertença ao grupo de risco, formado por idosos com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas e pessoas em tratamentos especiais, é fundamental que faça a sua contribuição, não só para preservar a sua saúde, mas também a da sua família e de todos ao seu redor”, avisa o diretor clínico do Grupo Fleury.

via https://www.sindiconet.com.br/