Vídeo fala sobre como essa atitude agressiva é prejudicial não só aos envolvidos diretamente, como também ao condomínio que vive em eterno clima de batalha

Por Thais Matuzaki

Se a tarefa de morar com algum parente ou amigo que você conheça já tem as suas complicações, imagine em um condomínio no qual você divide parede com vizinhos tantas vezes desconhecidos?

É preciso ter paciência, mas quando ela falta, basta uma faísca para um simples conflito do tipo “por favor, poderia diminuir o volume do seu som?” se transformar numa manifestação de ódio.

Neste vídeo, a advogada especialista em condomínios, Eliane Stankievicz, fala sobre intolerância, como evitá-la e mostra como essa prática agressiva é prejudicial não só aos envolvidos diretamente, como também a toda massa condominial.

Assista!

via https://www.sindiconet.com.br/