O comunicado no condomínio é importante para harmonização das ações e bom andamento, tanto da administração, quanto do dia a dia da comunidade condominial.

Para a convivência sadia, segurança e bem-estar de todos, a comunicação é essencial em todos os relacionamentos. Da mesma forma, qualquer comunicado no condomínio também é importante para harmonização das ações e bom andamento, tanto da administração, quanto do dia a dia da comunidade condominial.

Todo informativo para condomínio residencial evita muitos problemas nas relações interpessoais, desentendimentos, queixas infundadas, informações desencontradas e confusão.

Em um ambiente assim, qualquer pingo no chão da recepção pode virar uma bola de neve difícil de contornar.

Portanto, como em uma empresa, a comunicação deve ser tratada com muito cuidado e algum investimento para o sucesso do funcionamento de toda engrenagem envolvida.

Porque dela depende o perfeito entendimento entre síndico, administradora, funcionários, terceiros, moradores e proprietários.

Comunicado no condomínio: O que deve ter?

Para a melhor administração dos conflitos em condomínio, não se pode deixar que a desinformação interfira negativamente, atrapalhando a gestão do síndico e o convívio entre todos.

O ideal é aproveitar o avanço da tecnologia.

Hoje em dia é muito mais fácil se comunicar com precisão e agilidade, alcançando os condôminos e outros públicos-alvo.

Tudo para viver em harmonia e resolver os assuntos com mais eficácia.

Agora vamos ver um pouco da forma e conteúdo que um comunicado no condomínio deve conter:
  • Por escrito, o comunicado deve ser feito preferencialmente em um papel timbrado do condomínio. Com nome, endereço, dados da administradora se houver, telefone, etc.;
  • A seguir a data do comunicado. Parece óbvio, mas é muito comum, moradores chegarem de férias, por exemplo, e não saberem se determinada comunicação é recente ou não;
  • Uma abertura cordial, citando o assunto que vai ser divulgado;
  • O conteúdo deve ser claro e objetivo, contendo termos alinhados com o perfil dos leitores;
  • Se tratando de mais de uma informação, deve-se destacar as mensagens, dividindo-as de acordo com a importância de cada uma;
  • Por fim, o nome e a assinatura de quem assina.
Informativo para condomínio residencial: Meios de comunicação

Por se tratar de assuntos que certamente interessa a todos, o quadro de avisos e o elevador são ideais para um melhor alcance dos interessados.

Já existem no mercado embalagens especiais para se colar no elevador, as quais acomodam os comunicados e não permitem rasuras.

Por esse meio de comunicação, podem ser enviados avisos variados, boletins, newsletter, convites de eventos e outros que não requerem protocolo de entrega mas são assuntos relevantes.

Convocações e atas para assembleias, demonstrativos financeiros e outros que tratam de assuntos mais específicos devem ser entregues mediante protocolo de recebimento para evitar dúvidas.

Veja outros meios:
  • Existem certos aplicativos desenvolvidos especialmente para esses fins. Até mesmo o WhatsApp vem sendo usado para criação de um grupo do condomínio. Com o devido cuidado, pode-se falar instantaneamente com quem de interesse, agilizando discussões e conseguindo soluções mais rápidas. Para mensagens mais formais, o melhor ainda é o e-mail.
  • O livro de ocorrências que geralmente fica na portaria também pode ser utilizado, contendo um espaço para registrar queixas, dúvidas e outras formas de informações. O síndico deve fazer uma consulta diária no livro, para que nenhuma reclamação passe despercebida. E até tirar ideias para pautas em reuniões. Nenhum tipo de mensagem deve ser ignorada.
  • As reuniões de condomínio e assembleias também são um meio de comunicação muito importante para estreitar relacionamento entre o síndico e condôminos. Oferecem também a oportunidade de todos participarem ativamente dos assuntos de interesse em comum.
  • E ainda existem os apelidados “recados paroquiais”, que por sua pouca urgência podem ser escritos à mão, impressos ou em formato de cartas e circulares. Podem ser fixados em locais de passagem como a portaria ou enviados pela caixa de correios.
O que se evitar em um comunicado no condomínio?

Não devem ser usadas em nenhuma situação palavras chulas, bem como termos ofensivos e rasuras.

Muito cuidado deve ser tomado, ainda, para não expor ninguém de forma negativa, seja um erro que determinada pessoa cometeu ou outras situações que possam comprometer a imagem de alguém.

E por último: cuidado com os erros de grafia.

 

Fonte: Tudo Condo