Emerson Vicente
do Agora

A convivência entre morador e funcionário costuma ter alguma faísca dentro do condomínio. Na maioria das vezes, essa situação poderia ser evitada se cada um entendesse a sua posição.

Um dos pontos que mais acarretam problemas é o morador achar que o funcionário está trabalhando para ele, não para o condomínio.

"Tem gente que tem uma boa afinidade com o funcionário, mas tem morador que acha que esse funcionário tem que fazer o que ele quer", diz o advogado Alexandre Berthe, do escritório que leva o seu nome. "Se um morador desrespeitar um funcionário, o síndico pode multá-lo por conduta antissocial. Se o problema causar uma ação na Justiça, o condomínio pode pedir o ressarcimento a esse morador", completa o advogado.

Fonte: http://www.agora.uol.com.br