Morar em um condomínio significa dividir áreas comuns e despesas com os demais moradores. A verdade é que muitas vezes, as pessoas só querem chegar em casa e descansar, após um dia exaustivo no trabalho.

No entanto, durante a pandemia esse cenário foi modificado. As pessoas tiveram que ficar em casa por conta da quarentena. Com isso, a convivência, mesmo que indireta, acabou aumentando. Isso ocasionou um aumento de 400% no número de conflitos nos edifícios.

Os principais motivadores foram: o som alto; o barulho de construções e reformas; infiltrações e vazamentos; vagas ocupadas de forma errada na garagem; brigas nos grupos de WhatsApp do condomínio; e também o uso incorreto das máscaras de proteção contra à COVID-19.

Por conta disso, preparamos um material que vai abordar diferentes atividades que podem ser praticadas no dia-a-dia. A intenção é reduzir o nível de estresse perante tudo o que estamos vivendo, além de incentivar os bons hábitos nos condomínios. Veja só:

1. Atividades físicas

“Nada melhor do que aliviar os níveis de estresse do dia-a-dia com um bom exercício físico. Saiba que os benefícios da atividade física são imensos. Ao praticar exercícios, você libera a serotonina e a endorfina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar, relaxamento e felicidade” , a afirmação é da Personal Trainer Andressa Rodrigues, colunista do portal Saudável&Forte.

“Os condomínios são lugares ideais para você adaptar treinos rápidos e com intensidade. As escadas do prédio são um belo exemplo de atividade física intensa e rápida. Por que, ao invés de subir de elevador, você não sobe de escadas? Faça isso todos os dias e você verá a diferença que isso trará no seu condicionamento físico”, afirma Andressa. “Se você preferir, depois de alguns dias de prática, pode subir e descer as escadas correndo. O seu corpo agradecerá”, completa.

Alguns condomínios também possuem espaços próprios para o exercício físico. É o caso das academias e piscinas. Lembre-se que você paga o condomínio pela manutenção das mesmas. Nada mais justo do que usufruir desses locais, não é mesmo?

2. Cuide bem do seu animal

É preciso entender que não são todas as pessoas que são apaixonadas por animais de estimação. Por isso, é de extrema importância que você utilize sempre a guia em áreas comuns, não deixando que ele avance em outras pessoas.

Além disso, é importante carregar consigo uma sacola para recolher as sujeiras feitas pelo animal quando você for levá-lo para passear.

3. Separe o lixo

Esse é um ponto de extrema importância. Tenha cuidado quando recolher o lixo do seu apartamento. Primeiro de tudo, separe o lixo em orgânico e reciclável. Na sequência, verifique se ele não está pingando. Nada pior do que você sair trilhando o condomínio com o lixo.

O mesmo se aplica para papéis e bitucas de cigarro. Não é permitido que sejam jogadas cinzas ou sobras pelas janelas para o vizinho de baixo.

4. Vaga na garagem

Nunca coloque o carro ou a moto em uma vaga de garagem que não seja sua, sem autorização prévia. Nem que seja por cinco minutos. Este é um dos principais motivos de conflitos entre os moradores.

Além disso, é importante respeitar os limites da sua garagem. Portanto, certifique-se que o tamanho do seu carro condiz com a vaga.

Siga essas dicas e tenha uma convivência mais tranquila dentro do seu condomínio!

 

via condominiosc.com.br