Saiba como usar para tornar a obra mais prática e a casa mais bonita

Se você acha que para deixar a iluminação da sua casa funcional, bonita e convidativa é preciso fazer o famoso forro de gesso, já pode começar a repensar essa ideia. Saiba como usar trilhos para iluminar a casa e fuja de todo o trabalho que rebaixar o teto pode dar.

Foto: Reprodução/Pinterest

Os trilhos são lindos e estão em alta nas tendências de décor, então, até mesmo mesmo quem tem o forro de gesso em casa pode incluí-los para dar um ar mais industrial e urbano para o ambiente.

Segundo a arquiteta Natália Salla, a principal vantagem dos trilhos é possibilidade de direcionar a iluminação de cada spot ainda que eles estejam na mesma luminária. Dessa forma, você consegue destacar pontos diferentes da casa por meio dos focos de luz.

Foto: Reprodução/Pinterest

“Eles também são fáceis de serem instalados, possuem lâmpadas LED de intensidades diferentes e cores distintas, como branco, preto, cobre ou colorido, podendo ser escolhido aquele que mais agrega valor ao projeto luminotécnico”, completa ela.

Quanto a desvantagem, Natália destaca o preço do item, já que este não é o tipo de iluminação mais barato de se adquirir e funcionalmente pode ser substituído facilmente: “Muitas vezes uma única luminária central faz o mesmo efeito técnico do que de um trilho. Dessa forma, a escolha dele ou de outra luminária deve ser definida de acordo com o orçamento, estilo do projeto e necessidades técnicas executivas e luminotécnicas”.


Foto: Reprodução/Pinterest

Outro ponto a se atentar é ao direcionamento da iluminação, já citado acima, que deve ser feito com cuidado para que nenhum ponto indesejado seja destacado. Partes como a área superior dos armários, espelhos e planos reflexivos em geral devem ser evitados.

Por outro lado, a possibilidade de destacar espaços como uma estante decorada, um quadro ou uma mesa de canto é o mais incrível de optar por trilhos na iluminação, segundo explica a arquiteta e urbanista Fernanda Moulin.

“Se você mudar os móveis de lugar, mudar os pontos de decoração que queira a iluminação, os pontos de luz podem acompanhar essa mudança sem muito trabalho”, conta Fernanda, que ainda indica uma manutenção periódica nos trilhos para que a eficiência do funcionamento se mantenha.

Fonte: https://revista.zapimoveis.com.br/