Durante a seleção e na hora da contratação dos funcionários do condomínio é fundamental observar determinadas situações. Fique por dentro de algumas.

Ativo mais valoroso do condomínio, os colaboradores são peças fundamentais na engrenagem diária da administração. Eles são o motor de todas as atividades essenciais desse tipo de moradia.

Logo, possuir um bom quadro de funcionários impacta diretamente na gestão condominial e contribui para que o síndico atinja suas metas em relação ao seu mandato. Ou seja, é preciso estar atento na hora da seleção e contratação dos funcionários do condomínio.

Por isso, a pedido de um leitor do nosso portal, iremos abordar esse tema e passar algumas sugestões para escolher o perfil ideal de profissional para o seu condomínio.

1 – Para quem será entrevistado

 

– Antes da entrevista

– Procure obter mais informações da empresa ou do condomínio que estará te entrevistando, mas não seja invasivo. Não ligue para qualquer funcionário. Hoje em dia, na internet, é possível encontrar informações a respeito de aptidões necessárias para cada função. Fique atento a esses itens, pois correspondem a forma como o local enxerga a sua posição no mercado de trabalho.

– Não chegue, em hipótese alguma, atrasado. Verifique com antecedência o endereço do local da entrevista com linhas de ônibus que passam nas proximidades ou locais para o estacionamento do carro. E caso ocorra algum imprevisto, comunique o recrutador e tente remarcar a entrevista para outra oportunidade.

– Cuide da aparência física, revise o seu currículo e leve consigo a pasta de documentos.

– Seja educado com todas as pessoas que fazem parte do condomínio no dia da entrevista. Lembre-se que você estará sendo avaliado a partir do momento que pisa no local.

– Fique atento para as vestimentas. Roupas curtas, shorts ou camisas desabotoadas não são os trajes mais indicados para esse tipo de ocasião. Dito isso, o inverso também vale. Não há necessidade de comparecer com roupas extremamente sociais como terno e gravata. Exceto para cargos de gerência.

– Durante a entrevista

 

– Sente-se somente se for convidado e de maneira confortável, sem se esparramar na cadeira. Mantenha uma boa postura corporal durante a entrevista.

– Não masque chicletes ou chupe balas.

– Fique atento em relação aos pertences que traz consigo. Não os despeje em cima da mesa. Mantenha-os em cima do colo, ou no chão ao lado da cadeira, de forma que não atrapalhe a entrevista.

– Não fite a sala. Concentre-se no entrevistador e nas perguntas que irão surgir.

Com essas dicas, esperamos que você se saia bem na próxima entrevista.

Agora algumas sugestões para o entrevistador.

2 – Para quem irá selecionar o candidato

 

Geralmente a seleção prévia do candidato é feita pela administradora do condomínio – em casos que não haja agência de terceirização – que encaminha entre três e cinco profissionais mais condizentes com a vaga para que o síndico tome a última decisão. Nesse momento, ele deve focar em algumas ocorrências.

– Perfil técnico do candidato

Diz respeito à formação, experiência e conhecimentos práticos do candidato. Apesar de ser importante possuir bons conhecimentos e experiência para a vaga postulada, isso pode ser facilmente suprido com treinamentos agenciados emitidos pelo empregador. Por isso, dê mais importância ao item a seguir.

– Perfil humano

 

Quando se contrata um funcionário para o condomínio, valores como respeito, ética, aspectos culturais e humanos do candidato são fundamentais. Essa é uma característica muitas vezes inegociável e de formação pessoal. Algo que está enraizado no indivíduo e de difícil mudança.

Logo, se houver incompatibilidade de valores morais e éticos entre contratante e contratado, por mais que o profissional possua um ótimo currículo, dificilmente se dará bem no novo ambiente de trabalho.

– Estabeleça empatia durante a entrevista

Entenda que a entrevista de emprego é algo muitas vezes perturbador para o candidato. Não sabemos o que ele carrega consigo antes de entrar à nossa porta. Problemas particulares acontecem com todos.

Portanto, estabeleça um processo de empatia com o entrevistado. Use algumas estratégias para quebrar o clima tenso do ambiente como contar algo pessoal, de como você começou na empresa.

– Faça as perguntas certas

 

Lembre-se que quem está sendo entrevistada é a pessoa que postula a vaga. Por isso, em uma entrevista deve-se dar a palavra ao candidato. Uma boa dica é fazer perguntas abertas, que exijam respostas mais elaboradas. Tente algo como: “gostaria que você falasse dos anos que passou na empresa X”, ao invés de “quanto tempo você passou na última empresa”.

– Deixe o preconceito de lado

 

Aspectos que dizem respeito à cor da pele, religião ou opção sexual precisam ser deixados em segundo plano neste momento. Foque no que realmente é indispensável. Ele é um bom profissional? Vai me ajudar no dia a dia? Todas as outras situações não lhe dizem respeito.

– Seja honesto com o candidato

 

Por mais que pareça cruel, dizer para o candidato que ele não é o perfil ideal para a vaga é melhor que dar aquela resposta pronta no final da entrevista: “nós daremos uma resposta até o fim da próxima semana”.

Se a vaga envolve, por exemplo, serviço de vigilância monitorizada, ou seja, algo bastante mecânico e metódico, e a pessoa se define como ágil e dinâmica talvez não seja a vaga correta para ela. E se mesmo assim ela possuir um bom perfil e parecer a pessoa certa para outra vaga futura guarde o currículo em seu banco de dados.

Hoje em dia o recrutador, no caso o síndico, não deve ser mais aquela pessoa assustadora e antipática. Pense na entrevista como uma oportunidade de duas pessoas se conhecerem, de você apresentar o condomínio e o cargo; e o candidato poder apresentar e postular essa vaga, e decidir se uma parceria será benéfica para os dois.

Fonte: Guilherme de Paula Pires | Redação Viva o Condomínio | https://vivaocondominio.com.br