Síndicos e moradores devem estar atentos aos sinais de que há algo de errado no prédio. Veja as orientações do engenheiro Zeferino Velloso no novo vídeo

tragédia em Fortaleza acendeu, mais uma vez, o sinal de alerta para síndicos e moradores de condomínios verticais. No novo vídeo da série Especialistas, do SíndicoNet, Zeferino Velloso, engenheiro civil e diretor da VIP – Vistorias e Inspeções Prediais, ensina a identificar riscos na edificação, o que fazer para corrigir e a tomar medidas preventivas.

Dentre as razões para desabamentos, estão erros de projeto, falhas de construção, alterações indevidas em reformas de áreas internas dos prédios e falta de manutenção preventiva e corretiva. Assista!

Atenção ao surgimento de trincas, infiltrações e outras anomalias no prédio

Tanto o zelador, quanto o síndico e também os moradores devem estar atentos ao aparecimento de trincas, infiltrações, manchas ou qualquer outra coisa anormal em qualquer área do condomínio, seja nas comuns, seja dentro das unidades autônomas.

A anomalia deve ser relatada imediatamente ao zelador ou síndico para que seja averiguada por um profissional qualificado e providenciadas as medidas cabíveis para saná-la, evitando maiores danos. Assista!

Síndico deve se atentar à documentação, inspeções e plano de manutenção do condomínio

No vídeo, o engenheiro Velloso chama a atenção para pelo menos três pontos essenciais a que um síndico deve estar atento:

  • Conservação de projetos construtivos, plantas e demais documentação da construção do prédio
  • Realização de inspeções periódicas
  • Ter e executar um plano de manutenção preventiva

O zelador tem um papel fundamental, que é o de fazer vistorias visuais na edificação como um todo, preferencialmente adotando ferramentas, como aplicativos de gestão de manutenção com checklists.

O síndico deve ter em mente que é sua obrigação zelar pela boa conservação do empreendimento de acordo com o Artigo 1.348 do Código Civil: “diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns”. Se não tomar os cuidados para prevenir ocorrências, ele poderá ser responsabilizado por omissão, caso nada tenha sido feito.

Fonte: https://www.sindiconet.com.br