Corpo de Bombeiros orienta sobre prevenção de acidentes com crianças em edifícios.

Instalações e manutenção de telas de proteção em janelas e varandas são tidas como essenciais para evitar quedas em apartamentos ou áreas comuns de condomínios

Uma das formas de evitar acidentes com crianças em edifícios é a colocação de telas de proteção em janelas e ficar atento à manutenção, segundo o tenente-coronel Anderson Barros, da comunicação do Corpo de Bombeiros. Segundo ele, é essencial estar sempre atento ao nível de desgaste do náilon ou dos ganchos utilizados para a fixação das telas.

“É muito importante acompanhar o desgaste do náilon que é colocado nessa tela de proteção. A medida que forem aparecendo ferrugens nas ferragens, é importante acionar a empresa responsável para fazer a manutenção. Qualquer folga ou espaço que começa a aparecer com o tempo é sinal de que há um desgaste, um relaxamento dessa tela e que precisa ser corrigida”, disse.

Segundo Anderson, é importante instalar as telas não somente em janelas e varandas, mas também em qualquer espaço de ventilação, inclusive na área de serviço.

“Os fabricantes têm esse material em náilon e ferragens que conseguem fixar nesses espaços das janelas, varandas, espaços na área de serviço por onde entra ventilação. Locais que podem ser acessados por pessoas e que podem gerar queda”, afirmou.

A recomendação é que não se instale as telas somente em janelas ou espaços considerados baixos. Para minimizar o risco de queda, até as janelas consideradas altas devem receber a proteção. Todo o risco deve ser avaliado em conjunto com uma assessoria técnica.

“Mesmo aquelas janelas altas, espaços altos que parecem que a pessoa não pode alcançar, são áreas de risco porque existem objetos que podem ser colocados próximos a essas janelas, varandas, que ajudam a criança a escalar. Então, na hora que não ocorre uma supervisão, a criança pode fazer uso desse móvel, dessa cadeira, de um sofá próximo à janela”, alertou.

Fonte: Conjur