“A renovação de ar dentro do prédio contribui para reduzir os riscos de incêndio ou vazamento do monóxido de carbono, que é prejudicial à saúde”.

Paulo Carelli, engenheiro civil e especialista em patologia da construção

A ventilação e a iluminação adequadas são importantes para manter a saúde das pessoas nos condomínios e preservar as edificações, o que evita a deterioração e reduz os riscos de acidentes com vazamentos de gás, por exemplo.

O engenheiro civil Paulo Carelli, especialista em patologia da construção civil em Balneário Camboriú, ressalta ser importante assegurar a ventilação permanente nas garagens dos prédios. “O acúmulo do monóxido de carbono que pode sair dos veículos é prejudicial à saúde”, afirma.

Carelli destaca que os síndicos devem ficar atentos às regras da NSCI/94 do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, que determinam as regras contra incêndio. “A boa renovação de ar dentro do prédio pode minimizar os riscos deste tipo de acidente”, explica o especialista.

Outra situação que deve ser observada para manter a segurança das instalações é com os compartimentos de gás, que também devem ser bem vedados para impedir que o produto vaze pela tubulação e atinja interruptores, provocando incêndio.

A arquiteta e urbanista Glaci Refosco, da Nuovo Studio Architettura, na Capital, destaca que nos últimos anos os profissionais da área estão mais atentos ao elaborar projetos que preservam a iluminação natural com espaços onde o sol possa entrar por mais tempo, além de estratégias para manter a boa ventilação dos ambientes. O ideal, explica a arquiteta, é privilegiar os espaços onde o vento nordeste possa circular fazendo o que se chama de vento cruzado, o que permite melhor ventilação e consequentemente menos problemas relacionados à falta de ar em alguns pontos do condomínio.

Quando as edificações são mais antigas, às vezes é preciso construir dutos que permitam a passagem do ar, principalmente em garagens, ressalta a arquiteta.

Síndico faz manutenção frequente

O problema é quando os prédios são mais antigos em que na época não se pensava tanto em projetar ambientes com este tipo de conforto e salubridade.

O síndico profissional Rafael Irani da Silva, da Irani Gestão de Condomínios, de Florianópolis, que administra 12 condomínios, precisa estar atento com muito mais frequência às manutenções preventivas para evitar infiltrações e vazamentos provenientes de espaços insalubres. Ele aposta ainda em manter os sensores de presença em bom estado de conservação, o que assegura a boa iluminação, principalmente de locais como as garagens, escadas e corredores.

No caso da central de gás, ele também está sempre atento e monitora se há vazamento e se o local possui boa circulação de ar, o que ajuda a garantir a segurança da edificação.

Fonte: CondomínioSC